Confira SETE maneiras de proteger seu pet de parasitas

Confira SETE maneiras de proteger seu pet de parasitas

Quando estão protegidos, as chances dos parasitas transmitirem doenças diminuem muito e, com isso, seu pet e sua família permanecem saudáveis!

Confira SETE maneiras de proteger seu pet de parasitas

Aquela coceirinha gostosa que faz até a patinha bater pode, infelizmente, indicar que tem algo errado com a saúde do seu pet. Este hábito corriqueiro pode denunciar a presença de parasitas que, além de incomodarem seu animal de estimação, podem transmitir doenças como a doença do carrapato, o verme do coração e a leishmaniose, por exemplo. Algumas delas são ainda consideradas zoonose e podem ser fatais, inclusive para seres humanos.

Segundo Priscila Brabec, veterinária e Gerente de Produtos da Ceva Saúde Animal, empresa responsável pelo Vectra 3D e Vectra Gatos, “os animais de estimação quando não estão protegidos, ficam expostos a pulgas, carrapatos e mosquitos, que podem transmitir doenças. Uma das formas mais eficientes e seguras de prevenção é utilizar um produto adequado de acordo com as indicações do fabricante para proteger os pets contra esses parasitas”.

Confira SETE maneiras de proteger seu pet de parasitas

Para te ajudar a manter seu pet protegido, listamos sete dicas de cuidados básicos.

Afinal, vida de cão e vida de gato tem que ser incrível!

Confira SETE maneiras de proteger seu pet de parasitas

Se seu pet tem vida social agitada e adora fazer novos amigos, vale reforçar a procura por parasitas após os passeios e também vale ficar de olho em seu comportamento nos dias seguintes. As pulgas saltam altas distâncias e podem, facilmente, ir de um pet a outro;

Os pelos e as dobrinhas merecem atenção especial – carrapatos podem se esconder debaixo da pelagem ou em locais menos expostos, como entre os dedos ou dentro da dobrinha das orelhas.

Que o Aedes Aegypti gosta de água limpa e parada não é novidade. Mas você sabia que esse mosquito também pica animais de estimação e pode transmitir o chamado verme do coração? Eliminar os focos de reprodução protege não só sua família, mas seu pet também. Utilizar um produto com efeito repelente nos cães também é importante. Informe-se no site sobre o Vectra 3D para cães.

Use somente produtos adequados e indicados para a proteção de cães ou gatos contra os parasitas. É importante também que o produto atue na eliminação de formas imaturas de pulgas para não permitir uma infestação ambiental.  Informe-se no site dos produtos Vectra Gatos e Vectra 3D, para cães;

Pulgas vivem e se reproduzem principalmente onde o animal vive. Se seu pet está com pulgas, é bem possível que haja formas imaturas (ovos, larvas ou pupas) pelo ambiente. Estas formas não são visíveis a olho nu, mas permanecem pela casa, aguardando uma oportunidade para trocar de fase e quando adulto, subir novamente nos animais e continuar seu ciclo. Por isso, vale utilizar produtos específicos para o combete desse parasita no ambiente. E, sobre isso, fale com seu veterinário.

Roupinhas, cobertores e também a cama do cão e do gato podem tornar-se viveiros de parasitas. É muito importante lavá-las bem e com frequência. É importante também secá-las muito bem, principalmente quando há confirmação ou suspeita;

O acompanhamento veterinário é fundamental, pois muitas doenças são difíceis de serem percebidas. Em algumas situações, o uso de medicamentos prescritos por um especialista se faz necessário.

 Proteger seu pet contribui para a não proliferação de parasitas e, com isso, preserva sua família, seus amigos e outros animais de estimação com os quais vocês  convivem. Se cada um fizer a sua parte, todos ficarão protegidos e saudáveis!

Poste usando as hashtags abaixo e conte o que você faz para proteger seu pet! 

#VidadeCãoÉIncrível #VidadeGatoÉIncrível #protejacomamor #protejacomvectra3d #protejacomvectragatos #CevaBrasil

Saiba mais sobre os produtos no Facebook, Instagram e também no site www.vectrapet.com/br

Assinatura Paloma LanzoniImagens: Elke Vogelsang
*Release enviado pela assessoria de imprensa da Marca

0 I like it
0 I don't like it

8 Comments

  1. Ótimas dicas! Eu fico muito encanada com esse tipo de cuidados, especialmente quando levo a Jade pra praia. Todo cuidado é pouco!

  2. Boas dicas amore, agora vou olhar com mais atenção os lugares por onde minha neguinha fica. Para que ela não pegue doença e esteja bem protegida.

  3. Adorei seu post! Quantas dicas ótimas! Precisamos estar sempre alertas quando se trata da saúde dos nossos bichinhos. Eu tenho dois gatos e vivo preocupada com eles!

  4. Eu sempre faço questão de dar uma olhada na minha pequena, até pq aqui em casa tem muitos pombos e aí o risco aumenta.
    Mas sempre mantenho os antipulgas em dia e também os banho se limpeza dos panos e cobertores.

  5. Ótimas dicas, precisamos cuidar bem dos nossos bichinhos para que não tenham nenhum problema, principalmente com pulgas e carrapatos

  6. Tenho 2 gatos que vivem somente dentro de apartamento, não tem pulgas, mas mesmo assim temos alguns cuidados pois bichinhos e poeira entram igual por aqui!! Adorei as dicas!!

  7. Amei, já vou passar para minhas amigas que tem bichinhos, belo post é sempre bom manter eles prevenidos desses parasitas. beijos

  8. Que post bom,eu adorei!Muitas vezes nossos pets ficam doentes por motivos que poderiam ser evitados!Adorei!

Deixe uma resposta